sábado, 26 de janeiro de 2013

Reflexão Casual III




“Todo ser humano tem acesso à felicidade, mas nem todos são capazes de percebê-la e vivê-la intensamente, pois a felicidade se manifesta de forma muito discreta, como o seu jeito simples de vivê-la. Por isso não perca tempo! Viva intensamente as coisa boa e alegre que a vida ofereça junto daqueles que te fazem feliz.”

Paulinopax

sábado, 12 de janeiro de 2013

Deus se revela na história da humanidade


Revelação Divina

                                                                                                                              Paulo da Costa

           
  A revelação divina se torna fato na história da humanidade a partir da iniciativa desse próprio Deus, que escolheu para si um povo, e que foi se revelando gradativamente em cada período histórico. Sua transcendência no mundo, mostra sua busca de interação com a sua criação e em especial com a humanidade,mas para isso ser possível, Deus se manifestou para o homem e o homem para poder interagir com Deus só seria possível através da fé, pois é através da fé que nós interagimos com Deus.

         Na economia da salvação percebe-se na Sagrada Escritura que Deus sempre buscou estar ligado a sua criação. Mas pela desobediência surge as rupturas, mas que não é definitivo. Deus continua a se manifestar e isso se percebe no caso de Noé, quando se relata o dilúvio e após uma aliança é feita como promessa de Deus (Ex 6 - 9). Mas é a partir de Abraão que Deus prepara um povo para sua revelação, pois os seus descendentes serão depositário da promessa divina, sendo Israel o povo escolhido. O povo hebreu durante sua formação que veio através dos patriarcas, teve que amadurecer na intimidade com seu Deus nesse processo histórico e que após da libertação da escravidão do Egito por intermédio de Moisés, que foi concluído com Ele(Deus) a aliança no Monte Sinai (Ex 19 - 24). A sua Lei para preparar o seu povo  para vinda do Messias, onde chegará a plenitude dos tempos se concretizando a grande manifestação revelação divina.

       “ Os profetas anunciam uma radical redenção do povo  e uma salvação que incluirá todas as nações numa aliança nova e eterna ”  (72 - CIC). Que se realiza no verbo de Deus encarnado no meio de Nós. O único mediador  onde se torna plena a revelação divina. Cristo veio anunciar a boa nova e fazer por intermédio de Si a nova e eterna aliança com a humanidade, os livrando da morte e do pecado pelo seu infinito amor em unidade com o Pai. Após sua ascensão aos céus, os discípulos continuaram sua missão por intermédio do já prometido por Cristo Jesus que é o Espirito Santo (Jo 15, 26 - 27), dando um novo vigor através dos trabalhos apostólicos e principalmente  por seus testemunhos de vida por meio  da  fé. Nessa caminhada histórica dos percussores dos Apóstolos, através  do  magistério da Igreja apresentam a revelação da seguinte forma:

  •          Dei Filius - “ É ação transcendente de Deus , vem de Deus e não do homem. "
  •        Dei Verbum - “ Há verdades acessíveis á razão humana, mas os mistérios ocultos em Deus só podem ser conhecidos se Deus mesmo se digna a revela-lós. "
  •          Verbum Domini - “ Concentra o ‘acontecimento dialógico’ rápido demais no fato de que Deus fala e responde ás nossas perguntas”  sendo que  "à luz da revelação feita pelo Verbo divino […] se esclarece definitivamente o enigma da condição humana"

     Cristo se faz presente  e se manifesta sempre no coração daqueles que experimentou verdadeiramente de sua revelação , e assim como os Apóstolos e como batizado, anuncia essa revelação que é a boa nova, o proprio Cristo no meio de nós que se faz presente pela Sagrada Escritura, tradições, sacramentos e principalmente  pelo testemunho de fé. Para concluir  é necessario  nunca confundir a revelação divina com as revelações privadas que se aplica a todas as visões  e revelações verificadas depois da conclusão do mistério de Cristo Jesus e do novo testamento.


Paz e Bem!