sábado, 16 de janeiro de 2016

... ir ao deserto interior !!

O Despertar da Alma

Paulo da Costa Paiva,OFS


            O ser humano assim como qualquer outra criatura da terra tem o seu próprio ciclo de vida, e como um ser vivente é gerado por um útero, nasce, cresce se reproduz e morre, mas existe um diferencial no homem que o tornar transcendente a todos os seres vivos da terra, que é a sua racionalidade. Sim é através da razão que o homem se tornou o senhor de sua própria história com seus erros e acertos, das cavernas até o infinito do universo estamos sempre evoluindo e buscando superar dia após dia, aprendendo com os nossos erros e barbáries do passado. Durante todo processo histórico da humanidade muitos homens se destacaram por sua coragem, liderança, genialidade e muito mais, tanto para o bem como para o mal, mas conseguiram de certa forma exteriorizar suas potencialidades que marcaram suas presenças na história contribuindo para o nosso processo evolutivo. Todos nós somos corresponsáveis pela nossa história e de toda humanidade, devendo contribuir com o nosso legado para o bem comum das futuras gerações, deixando a nossa presença como sujeitos históricos de nossa própria raça e transformadores de uma geração.

            Mas para isso devemos primeiramente mudar o nosso próprio viver para poder tentar mudar o mundo de forma simples, podendo chegar as grandes consequências de transformações para um mundo melhor. A reforma inicial é de nossa própria pessoa, isso será lento e não terá fim, porque sempre estaremos errando e aprendendo, caindo e nos levantando constantemente, pois somos seres inacabáveis, e estamos sempre nos aperfeiçoando ou pelo menos quase todos deveria buscar melhorar dia a dia. Viver por viver é pura ilusão, pois viver uma vida somente para os caprichos de nossos instintos e ser indiferente para com os outros, nos tornam pessoas meramente medíocres e totalmente tapadas de nossas próprias existências, não se diferenciando dos outros animais na qual se assemelha ou até se rebaixa as criaturas selvagens por meio de suas barbáries e bestialidade no mundo e na história. Só é possível ter um convívio melhor e agradável com o outro quando existe uma transformação, e não será de forma mágica e milagrosa, pois se deve mudar para o mundo também poder também mudar.

            Essa reforma interior, não é fácil e nem agradável inicialmente assim como uma casa que está suja e desmoronando, o nosso corpo se torna morada nossa e de nosso Senhor que se faz presente e cada ser humano, mas que pode está adormecido diante de tantas trevas (ignorância) que impede que se manifeste plenamente. Primeiramente e deve silenciar que não é nada fácil no mundo de hoje que é tão barulhento com palavras vãs e iníquas, quase sempre a grande maioria tem medo de silenciar por não suportar a ouvi os clamores do seu interior e vive fugindo de si mesmo por toda vida. Ao silenciar se deve mergulhar no seu intimo de forma mais profunda possível, na sua história de vida, desde a infância passando por todas as dificuldades e traumas que o fizeram de sua vida tão problemática e mal resolvida, por nunca encarar suas dores, buscando efeitos paliativos (fugas) na sexualidade desregrada, nas drogas (licitas e ilícitas), num fundamentalismo doentio e etc. Mas nada disso resolve fugindo ou se iludindo, alias faz pior e maltrata muito mais, num vazio insuportável e mortal (suicídio voluntário ou processual).

            Quando se busca ir ao deserto interior nos enxergamos verdadeiramente, sem mascaras e ilusões, com nossas misérias e limitações, que muita das vezes se busca escondê-la em vez de resolvê-la. Só é possível solucionar um problema quando primeiramente se faz reconhecer que ele existe isso já é um passo fundamental para sua resolução. É na essência da alma que se encontra com a consciência em sua realidade mais plena, onde Cristo se faz morada e nos encontra para conversar e se manifestar. É lá que ocorrer as curas e as libertações, mas nessa buscar a Cristo é fundamental, se dá o primeiro passo, na busca da confissão, da eucaristia, da leitura e meditação da bíblia, observando e contemplando a criação e sempre ajudando a quem necessita... Perseverando na busca intima com o seu Senhor, logo se perceber as primeiras mudanças, que é a paz verdadeira que vem do alto (transcendente), e nas praticas caritativas e espirituais continuada em sua vida, logo se manifestará os primeiros frutos de libertação e amadurecimento que será progressivo ou não, a partir do comprometimento consigo mesmo por toda vida.

Continua...


Paz e Bem!

Nenhum comentário:

Postar um comentário