sábado, 18 de fevereiro de 2017

Reflexão Casual LIII


“Como experimentar os Céus se procuras o inferno? Reveja suas metas, e principalmente as suas atitudes, pois isso mostrará os caminhos que te levaram á insensatez de suas conseqüências.”

Paulinopax

sábado, 4 de fevereiro de 2017

Deus amou tanto a humanidade que mandou seu Filho ao mundo

Antropologia Teológica II

Paulo da Costa Paiva, OFS


            A relação com Deus, se torna possível por intermédio de Cristo e isso acontece  sistematicamente, possibilitando ter uma visão panorâmica da vivência concreta do amor do Pai, onde o homem possa ter por intermédio da fé uma visão de si, na sua própria essência, sendo fundamental identificar as referências dessa relação com Deus, que podemos destacar em três dimensões. Primeiramente que Deus amou tanto a humanidade que mandou seu Filho ao mundo , e por intermédio de Jesus que nos revela o homem em sua essência, na vocação definitiva e ultima do homem onde tudo é graça divina em favor da humanidade, que pelo seu santo espirito se torna viável revelando seu mistério e infinito amor a cada um de nós.

            Outro ponto importante é que somos chamados por Deus uno e trino a uma comunhão por toda eternidade , e isso torna possível pela graça divina e pela liberdade que dá cada um de nós que primeiro nos amou cabendo a nós a responder  (ou não) a vida em plenitude. Mas é de fundamental importância compreendermos que não somos seres sem consistência própria, pois se fossemos não tinha sentido sua a realização plena em cada um de nós por intermédio de seu chamado. Devemos ter consciência de nossa condição de criaturas que somos, criaturas essas que são únicos para Deus, sendo a condição de criatura fundamental no qual fomos formado a sua imagem e semelhança que se torna latente por nossas limitações e por intermédio de Cristo nos tornamos homens na sua total plenitude,  no seu fim ultimo que caminha para Ele em perfeita comunhão.

            Não se deve esquecer da condição humana em que se encontra, sobre a o signo do pecado que vem desde inicio da humanidade conhecida como "pecado original". Deus desde do inicio da Criação tinha o homem como sua maior criação, que nos criou por amor , o amor de Pai para filho que por infidelidade não lhe deste a acolhida adequada, somente indiferença e rejeição por parte da humanidade.  O homem é chamado a viver em sociedade independente em que situação das três dimensões seja apresentada em sua relação com Deus, pois não se pode considerá-lo isoladamente ou em sua relação ao outro. Pois em sociedade o homem como criatura predileta de Deus mesmo em situação de pecado demonstra solidariedade mútua no exercício do perdão e do amor ao próximo sendo igreja no dia a dia na convivência de irmãos na graça e do amor de Deus para com todos.

Continua...


Pax!