sábado, 14 de abril de 2012

" Coragem! Eu venci o mundo. ”

Maturidade e Fé!

Paulo da Costa

Eis que vem à hora, e ela já veio em que sereis espalhados, cada um para o seu lado, e me deixareis sozinho. Mas não estou só, porque o Pai está comigo.Referi-vos essas coisas para que tenhais a paz em mim. No mundo haveis de ter aflições. Coragem! Eu venci o mundo.”(Jo 16,32-33)

        Percebo que existe uma grande apelação quando se mostra o sofrimento de Cristo, de uma forma de supervalorização da própria violência causada em Jesus, detalhando toda a metodologia e armas de torturas, se tornando assim um grande evento de carnificina e esquecendo-se do essencial que é salvação por intermédio do seu sangue redentor... Claro que jamais poderemos omitir o sofrimento de Cristo. Mas objetivo de se viver a paixão e morte de Jesus são de levarmos a uma reflexão sobre a nossa caminhada e de testemunho cristão, de levarmos a sermos fieis a nossa missão de anunciar consciente que também teremos que passar pelo madeiro de nossas cruzes para chegar à ressurreição. Infelizmente a mensagem se torna distorcida por que se o objetivo era de sensibilizar, tornou-se uma grande apelação e chantagem emocional.
        Toda essa pieguice faz de Jesus um coitadinho vitima de nossas maldades, que invés de motivar uma reflexão durante o memorial de sua paixão e morte, nos faz estimularem um mero sentimento de culpa, que não leve a nada há não ser a uma grande angustia. Se o objetivo era de sensibilizar a uma reflexão que se leva a um compromisso de vida nova com Cristo, se faz o contrario o fazendoele penar de uma forma arbitraria dentro da própria igreja deixado cheio de medo e temor de ir ao inferno por suas faltas. Mostrando claramente a superficialidade da fé tanto do que evangeliza como também do que é evangelizado, e dessa forma nunca amadurecendo o bastante para ir a águas mais profundas, e mergulhar no intimo de seu mistério que é reservado para os místicos e aqueles que são amadurecidos na sua fé por meio de suas próprias experiências com o Amado Senhor Jesus. Mas ao contrario ficam no mar raso, sendo apenas uma criança de Cristo na espiritualidade como fala Paulo, o Apostolo: “Tenho precisado nutri-los com leite, e não alimento sólido, pois vocês não podiam digerir nada mais forte. E mesmo agora vocês ainda precisam ser alimentados com leite.” (1 Cor 3,2)
        A maturidade na fé só será atingida com muito esforço por nossa parte, através da oração e do trabalho como nos fala São Bento, é arregaçando as mangas na convivência com o próximo, que Deus se manifestará dando oportunidade de nos ensinarmos constantemente através dos  contratempos da vida, que só se resolve por sabedoria e inspiração divina que vem do seu santo espírito. E nunca esquecendo, se você sofre e é perseguido por causa do reino de Deus, é porque o servo jamais será maior que seu senhor. Se Cristo nosso senhor carregou a Cruz sendo homem e tudo suportou na sua divindade, é porque Ele já nos deu o norte para tudo suportar e alegrai-vos mesmo em nossa humanidade que está e sempre permanecerá unida em sua divindade.

Paz e Bem!


Imagens: Paixão de Cristo - Mel Gibson

Nenhum comentário:

Postar um comentário