sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

O Amor de Deus

O AMOR DE DEUS
Paulo da Costa


         Deus é amor, ele nos contagia com sua presença, desde o principio, na criação, Ele manifestou a sua essência. Deus criou a vida por amor, toda terra, na sua natureza com as suas criaturas e de forma especial, única e singular, o ser humano, e os tornou a sua imagem e semelhança. Deus ama a todos os homens com amor eterno, mas também a cada um, separadamente, de forma pessoal e singular. Mesmo que uma mãe esquecesse e abandonaste o filho de suas entranhas, Deus jamais o abandonaria, e Ele o chama pelo nome (ISm 3); Pois cada um és único e muito importante para Deus.

         Deus nos amou de forma incondicional, não impondo condições nenhuma para amar. Ama-te assim como és neste momento, não importa o seu passado com seus pecados e vícios. Deus te ama assim, com suas qualidades e defeitos, não por causa de tuas qualidades e virtudes, mas com tuas qualidades. Deus não deixa de amar-te por teus defeitos, te ama como tu és. Ele ama porque és bom e não porque você seja bom.

         Deus criou-nos para a felicidade e como bom Pai, Ele só procura o nosso bem, a única coisa que Deus nos pede, é que creiamos no seu amor, que confiemos mais nos seus planos, do que no nosso. A primeira coisa que Deus nos pede, não é que o amemos, mas que nos deixemos amar por Ele, e tudo será providenciado na sua misericórdia Divina e no seu infinito amor, na medida em que nos abrimos e aderimos o seu amor por nós, o amor não consiste em que o amemos a Deus. E sim que Ele nos amou primeiro, não fomo nós que o elegemos, mas foi Deus que nos elegeu primeiro (Jr 1,4-19). Nós não fazemos nenhum favor a Deus amando-o, é Ele que nos favorece com seu amor, que é eterno.

Paz e Bem!

Nenhum comentário:

Postar um comentário